10 Curiosidades sobre a aliança de casamento: saiba mais antes de escolher a sua

10 Curiosidades sobre a aliança de casamento: saiba mais antes de escolher a sua

Pensar no pedido de casamento e na caixinha do anel de noivado já causa grande emoção. Imagine, então, começar a pensar nas alianças de casamento! Antes de escolher a sua, que tal saber mais sobre essa joia especial e cheia de simbolismo?

 

A aliança de casamento é um dos símbolos mais especiais da união entre duas pessoas. Ela será usada todos os dias, um “lembrete” diário de que você disse “sim” a uma vida como casal, será uma recordação dos votos e de todo o amor que compartilham. Este anel possui algumas singularidades, e é possível que poucos conheçam a origem da tradição da aliança de casamento, por exemplo, entre outros fatos sobre ela. Por isso queremos desvendar algumas curiosidades sobre essa joia tão emblemática.

 

 

1. Origem da tradição

A tradição da aliança de casamento tem uma origem remota. A teoria mais aceita é de que teria começado no Antigo Egito. Historiadores acreditam que os registros mais antigos do uso de alianças tenha sido ali, cerca do ano 3.000 a,C. Há teóricos que defendem que os hindus também usavam anéis para simbolizar a união de um homem e uma mulher. No ano 3 a.C., Alexandre o Grande, dominou o território egípcio e, assim, o costume foi levado aos gregos.

 

casamento

Entre os materiais usados pelos egípcios, estão junco, raízes entrelaçados e tramas de couro em forma circular para colocar no dedo, ou seja, como usamos os anéis. A tradição das alianças de casamento como as conhecemos hoje, como joias, data do ano 1477, com o imperador Maximiliano I de Habsburgo. Conta-se que ele entregou um anel de diamante a María Borgoña, para demonstrar o seu amor.

 

 

2. Por que se coloca a aliança no dedo anelar esquerdo?

Os gregos acreditavam que no quarto dedo da mão esquerda passava uma veia, a vena amoris, diretamente ligada ao coração, crença seguida até hoje. Então, que dedo seria mais adequado para colocar o símbolo do amor eterno, se não aquele por onde passa a veia do coração? Hoje em dia, ainda que muitos não saibam o verdadeiro significado, continuam adotando o mesmo dedo para aliança. E para vocês que agora sabem, isso terá ainda mais significado.

 

 

3. Significado chinês para a aliança no dedo anelar

O simbolismo grego para o uso da aliança de casamento no dedo anelar esquerdo não é a única explicação que se tem. Os chineses possuem outra razão para a origem deste costume. Na cultura chinesa cada dedo da mão representa um membro da família. O polegar representa os pais, o indicador representa os irmãos, o médio representa você, o anelar (quarto dedo, onde vai a aliança de casamento) representa o(a) companheiro(a), o dedo mindinho representa os filhos.

 

Quando se junta uma mão à outra, palma com palma, com todos os dedos retos, e se dobra apenas os dedos do meio, você une firmemente as palmas das mãos. Nessa posição, é possível separar todos os dedos, menos os anelares. E a explicação é linda.

 

Os polegares (pais) podem ser separados. Isso porque os pais não estão destinados a acompanhar toda a vida dos filhos e, ao se casar, você separa-se dos seus pais também. Os dedos indicadores, dos irmãos e amigos, podem ser separados, porque eles vão e vêm. Os dedos mindinhos, dos filhos, se separam porque um dia eles crescem e também se vão, para formar suas famílias e viver suas vidas. O quarto dedo, onde estão as alianças, não se separam. Elas simbolizando a união do casal, indissolúvel.

 

 

4. Por que um anel?

Não é por acaso que os anéis de compromisso são chamados de alianças. O palavra aliança tem origem no Latim: alligare, cujos prefixos e sufixos significam “junto” e “unir, atar”. E o que faz um anel mais especial que uma pulseira, um colar ou um brinco? A resposta está em sua forma. O círculo perfeito é a tradução do infinito, pois não é possível identificar onde se inicia e onde se termina, e é isso que esperamos quando nos casamos, o infinito e a eternidade ao lado da pessoa para a qual dizemos “sim”.

 

 

5. Por que a preferência pelas alianças de casamento de ouro amarelo?

As alianças de casamento de ouro amarelo são uma unanimidade. O material é o mais requisitado pelos casais que irão subir ao altar, e existe um motivo. Além de ser um metal precioso e maleável, a tonalidade do ouro também conta. A cor dourada, como todas as cores, tem um significado. Ela representa prosperidade, prestígio, sempre foi considerada um material próprio da nobreza, e, em um simbolismo menos materialista, também representa fertilidade e luz.

 

 

6. Outros materiais podem ser usados para as alianças de casamento?

Alianças de casamento de ouro amarelo são as mais pedidas, mas trata-se de uma tradição, não de uma regra que não pode ser quebrada. As alianças de casamento de ouro branco têm ganhado destaque, e este não é o único material.

 

 

7. Alianças e anéis de noivado no Brasil

No Brasil os casais têm o costume de usar anéis de compromisso antes do casamento, são os chamados anéis de noivado. Até a gravação de frases, nomes ou iniciais são feitas nos anéis também. Esse costume, seguido em países como os Estados Unidos, vem sendo adotado somente há pouco tempo em países europeus. Sabemos que é muito comum usar alianças de namoro para demonstrar o compromisso entre os casais, mas o anel de noivado tem seu significado especial, uma preparação para receber a aliança de casamento. E saibam que 1 a cada 4 casais no Brasil mantém o seu anel de noivado mesmo depois do casamento.

 

 

casamento

8. Qual é o tempo médio para encontrar a aliança de casamento perfeita?

Escolher o anel perfeito não é uma tarefa nada fácil, ainda mais quando se toma a decisão pelos dois. Muitas vezes os noivos fazem a escolha juntos, mas para aqueles que querem surpreender o amor e fazer o pedido como manda a tradição, esta escolha pode levar algum tempo. As estatísticas dizem que, em uma média geral, os noivos brasileiros levam 3 meses procurando a aliança perfeita, visitam mais de 4 joalherias diferentes e analisam cerca de 27 modelos! Pois é, se trata de um longo trajeto.

 

9. Faça por encomenda

Na Casa dos Relojoeiros, além da alta qualidade, os anéis são feitos um a um e por encomenda, para que você antecipe sua compra e fique bem tranquilo.

 

 

10. O mês do compromisso

Se levássemos em conta apenas a lógica local, diríamos imediatamente que o mês de junho é quando as pessoas mais se comprometem, mais especificamente no dia 12, Dia dos Namorados no Brasil. Mas, em um cenário mundial, a verdade é que o mês de dezembro é a época em que ocorrem a maioria dos pedidos. Esse é o momento em que os casais resolvem dar esse próximo passo no relacionamento. Isso se explica pela proximidade do Natal, uma data em que os sentimentos de estar em família se tornam mais intensos.

 

Fonte: Casamentos.

Deixe um comentário